Cristiano Ronaldo acusa fisco espanhol de tratá-lo ‘pior’ do que tratou Messi

0
18


Cristiano Ronaldo ajuda Messi a se levantar no clássico entre Real Madrid e Barcelona, vencido pelos catalães por 3 a 0 – Francisco Seco / AP

Cristiano Ronaldo recorreu ao nome do adversário Lionel Messi em sua defesa no processo de evasão fiscal. O português acusa o fisco espanhol de tratá-lo “pior” na Justiça em relação a como foi tratado o argentino, já condenado pelo mesmo crime. A informação é do diário “El Mundo”.

Caridad Gómez Mourelo, chefe da Unidade de Coordenação Central do Tesouro espanhol na área de Crime Fiscal, recomendou a prisão do craque do Real Madrid pela fraude fiscal de 15 milhões de euros (R$ 59 milhões).

Na visão de CR7, a Agência Tributária da Espanha trata o réu português com mais rigidez do que tratou o camisa 10 do Barcelona. Na ocasião, Messi teve a prisão revertida em multa. A defesa do eleito melhor jogador do mundo entregou à Justiça um documento na qual cita a comparação e questiona supostos “métodos claramente arbitrários e criativos” dos investigadores. O advogado José Antonio Choclán assina o argumento.

O objetivo da defesa, caso fique provada a culpa do jogador, é resolvê-la na esfera administrativa, sem sanções penais. De acordo com o “El Mundo”, o nome de Messi apareceu no processo também na citação do empresário Jorge Mendes, responsável pela carreira de CR7. Na ocasião, a defesa do português quis saber se o profissional também agenciava o argentino e não obteve resposta. Mendes é acusado de integrar um esquema rotineiro de evasão de cifras de direitos de imagem no futebol espanhol.

Newsletter

As principais notícias do dia no seu e-mail.

TROCAR IMAGEM


Quase pronto…

Acesse sua caixa de e-mail e confirme sua inscrição para começar a receber nossa newsletter.

Ocorreu um erro.
Tente novamente mais tarde.

Email inválido.
{{mensagemErro}}